21.7.09

Eu fiz merda!

Tempos de hesitação chegam. Sempre chegam, por mais próximo que você esteja de Deus. Acho engraçada a abnegação constante. Se isso é o que acontece com todos, então fujo à regra. Eu erro, peco, fujo do rumo. Hoje isso é mais consciente do que era há alguns anos. Mas continua acontecendo. Isso é ser humano.
Há, no entanto, uma peculiaridade no meu comportamento. Aprendi a expor meu erro. Aprendi a me expor a pessoas confiáveis, para que eu esteja sempre consciente da constante luta da minha vida: carne x espírito. Meu objetivo é alimentar o espírito, aumentar meu contato com Deus, buscar fazer o que ele gosta e, consequentemente, evitar o erro. Mas nem sempre eu consigo.
Às vezes meu lado humano aparece mais. E aí entra um dos benefícios de vivermos em coletividade. Uma amiga querida, logo que percebeu que havia algo de errado comigo, me chamou para uma conversa franca, a fim de me ajudar a centrar meu caminho nos planos de Deus.
Se errar é humano, inconformar-se com o erro é espiritual.

Um comentário:

Danilo Fernandes disse...

Ola Isabel!


Queria convidar você para conhecer o meu blog, o Genizah que horas é pirado e engraçado, horas é exaltado e sério, mas é super do bem e tem como regra levar o Evangelho da Liberdade Verdadeira e a Santa Subversão de Jesus ao mundo egocêntrico e perdido nos seus valores! E, ainda dando tempo, aproveito para tirar uma onda com este pessoal que anda explorando a fé das pessoas e ainda dizendo que são cristãos... Ops!

Por minha vez, já me tornei seu seguidor.

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/